A pandemia vem transformando os hábitos de consumo dos brasileiros, que se mostram cada vez mais dispostos a investir em produtos certificados, naturais e sustentáveis. A priorização deste consumo é uma das tendências aceleradas devido à preocupação das pessoas com aquilo que consomem e o impacto de suas escolhas.

Especialistas já indicam como tendência de futuro um crescimento na produção e na busca do consumidor por produtos certificados, naturais, mais saudáveis e de origem local. Clientes certificados pela Certified Humane já constataram este avanço, assim como a ascensão de mercado das empresas certificadas na agroindústria.

A percepção é comprovada por um dos mais abrangentes estudos nacionais já feitos sobre os reflexos da pandemia no comportamento do consumidor. A consultoria EY Parthenon ouviu 1.003 consumidores brasileiros entre os meses de junho e julho de 2020 e apontou mudança nas prioridades de compra: 

  • Para 77% dos entrevistados, adquirir produtos saudáveis é visto como mais importante agora;
  • 65% estão mais atentos à questão da sustentabilidade ao fazer suas escolhas;
  • Optar por produtos naturais locais e orgânicos também está mais forte no radar, respectivamente, de 56% e 51%, dos respondentes.

Outro ponto identificado na pesquisa é de que 46% dos consumidores passaram a considerar o pagamento em itens que tragam benefícios para a saúde e o bem-estar. barilla produto certificado

Hoje, 48% dos entrevistados aceitam pagar mais por itens de alta qualidade e 45% por itens mais sustentáveis. Os brasileiros indicam ainda percepções de valorização de compra no futuro, estas mais ligadas à qualidade dos produtos; saúde; sustentabilidade; e responsabilidade social.

 

Produtos certificados são considerados muito importantes

Os números mostram ainda uma oportunidade de investimento para os produtores que respeitam os padrões de certificação internacional, o bem-estar animal e o cuidado com o meio ambiente. 

Considerando o conjunto de respostas, 96% dos entrevistados julgam importante ou muito importantes para a decisão de consumo a ética, a responsabilidade social e a origem dos produtos.

Um dos exemplos bem-sucedidos vem da nossa parceira Korin, a primeira empresa da América Latina a receber o selo Certified Humane para frangos de corte e, depois, conquistou a certificação de galinhas poedeiras livres de gaiolas. 

No início da pandemia a companhia observou salto de 70% na movimentação de seus produtos. O diretor superintendente e um dos acionistas da empresa, Reginaldo Morikawa, aponta o resultado proveniente de uma maior conscientização sobre o consumo de produtos certificados, influenciada diretamente pela pandemia da Covid-19.

 

Busca acelera expansão da Certified Humane no mundo

A aceleração da era do consumo ético, mais sustentável e saudável, também contribuiu para a expansão do selo Certified Humane no mundo no último ano: a certificação chegou à China. 

O programa já levou o conceito de criação de galinhas livres de gaiolas para outros países da Ásia, como Cingapura, Índia e Malásia, fazendo parte de um movimento mundial de consumidores preocupados com a origem dos alimentos que consomem. 

Se você é produtor, acesse e conheça mais sobre o assunto. E se você é consumidor, clique aqui para saber onde encontrar os produtos certificados pela Certified Humane. 

Faça seu comentário