A pandemia da Covid-19 fez com que a população mudasse os hábitos e a forma de se relacionar com as outras pessoas. Além disso, mobilizou empresas, levou aprendizado e crescimento para muitos setores, como o da alimentação saudável.

Foi o que aconteceu também na Korin, a primeira empresa da América Latina a receber o selo Certified Humane para frangos de corte e, depois, receberam também o de galinhas poedeiras livres de gaiolas. 

Já comentamos aqui no blog que, devido à pandemia, empresas de ovos e frangos receberam mais pedidos, como foi o caso da própria Korin – que registrou crescimento de 70% lá no mês de março. Em uma entrevista concedida ao Estadão, o diretor superintendente e um dos acionistas da empresa, Reginaldo Morikawa, destaca que a crise do novo Coronavírus trouxe uma maior conscientização sobre o consumo de alimentos naturais e orgânicos. 

“Há toda uma comunidade médica alertando sobre a alimentação saudável. E isso, com certeza, tem ajudado a Korin”, comenta. Hoje, a empresa comercializa mais de 240 produtos, entre carnes, ovos e vegetais, sendo que as aves e os bovinos são criados soltos, sem estresse e sem antibióticos. 

O diretor lembra que entre 1997 e 2007 a companhia faturava cerca de R$ 20 milhões por ano. Depois, começou a investir em alimentos congelados e, em 2019, a receita ficou em R$ 168 milhões

Apesar da crise, este ano a Korin vai alcançar os R$ 200 milhões de faturamento. A empresa confirma que parte deste crescimento e a abertura de novos mercados se deve ao selo de bem-estar animal, pois é implícita a qualidade do alimento entregue ao consumidor.

 

Sobre a criação Korin

A filosofia da Korin é criar animais felizes. Fundada em agosto de 1994, o objetivo sempre foi adquirir matéria-prima de fornecedores que criam seus animais soltos e sem estresse. A empresa é brasileira, de São Paulo, e segue os princípios da agricultura natural, um modelo de produção preconizado pelo japonês Mokiti Okada (1882-1955). 

O sistema vai além da produção de alimentos e abrange também a saúde de produtores e consumidores, a preservação do meio ambiente e a responsabilidade social. Desde os manejos mais simples do produtor até a chegada ao estabelecimento comercial e à venda ao consumidor final, os processos são humanizados. 

E para sistemas desse porte, é essencial que o sistema imunológico dos animais esteja em boas condições e também seja imprescindível o cuidado com o bem-estar animal. Veja onde comprar os produtos da Korin na sua cidade. 

Faça seu comentário