O selo Certified Humane já está presente em 17 países e, agora será apresentado à China. Neste dia 15 de outubro, o programa de certificação com base no bem-estar animal será anunciado pelo diretor da América Latina e Ásia, Luiz Mazzon, durante o evento international The 2nd Quality and Welfare Egg China Summit (Segunda Conferência sobre Qualidade e Bem-Estar de Ovos na China).

O programa Certified Humane já levou o conceito de criação de galinhas livres de gaiolas para Cingapura, Índia e Malásia. Desde o início do trabalho na Ásia, a organização  incentivou a produção cage-free em respeito aos animais, que é resultado de um movimento mundial de consumidores preocupados com a origem dos alimentos que consomem.

Na China não poderia ser diferente do restante do mundo, ainda mais sendo o país mais populoso do planeta – com 1,4 bilhão de habitantes- e a segunda potência mundial. Grandes empresas já se comprometeram a, em breve, comprar apenas ovos de fornecedores certificados, o que também vai mudar o comportamento do mercado. 

A população tem exigido mais conscientização das marcas para que ofereçam melhores condições de bem-estar aos animais que nos fornecem o alimento. E o selo Certified Humane oferece esta garantia devido ao processo sério de análise de documentação e inspeções às produtoras ou processadoras de matéria-prima. 

 

Conferência internacional de ovos

O evento na China é a oficialização de muitas conversas realizadas para que o selo Certified Humane comece a ser solicitado a partir de 2021. A pandemia adiou o treinamento da equipe local, mas não deixou de lado as discussões sobre o bem-estar animal. 

CLIQUE AQUI PARA ASISTIR AO EVENTO. 

A conferência de ovos é um evento internacional que costuma reunir centenas de compradores de ovos da Ásia que, com certeza, irão atender às demandas desta fatia exigente do mercado.

Lá em 2014, quando uma pesquisa científica da Plos Org foi publicada, revelou que apenas cerca de ⅓ dos chineses tinham ouvido falar de bem-estar animal. Ainda há muito caminho a ser percorrido e, assim como em qualquer outro país, é necessário mais conscientização pública e legislação a ser aprimorada. 

A pandemia já trouxe avanços quando o assunto são os animais e o consumo humano. O governo chinês já se comprometeu a alterar leis referentes à criação e à venda de matéria-prima proveniente de animais. 

O selo Certified Humane, mais uma vez, vem proporcionar estas melhorias e ao encontro dessa mudança positiva na relação entre homem x animal, que tem se propagado ao redor do mundo.

Faça parte desta mudança e acesse os referenciais das espécies. 

Faça seu comentário