Tem origem portuguesa um dos principais itens de uma ceia de Natal: os fios de ovos. Feito com gemas e uma calda de açúcar, a receita é muito utilizada na decoração de pratos com carne de aves e suínos.

Mas, sem querer ofuscar este tão esperado momento de confraternização, você já parou para pensar na origem da proteína que é a base da receita de fios de ovos?

Consumo de ovos disparou

O Brasil vai atingir pela primeira vez a média mundial de consumo de ovos: são 230 unidades consumidas por pessoa no ano, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). É quase o dobro do que se consumia há 10 anos, 120 unidades. Se tem mais consumo, tem que ter mais produção. E é aí que está o problema – para atender a uma demanda cada vez maior de consumo de ovos, a produção em escala e a criação de galinhas poedeiras de forma tradicional impera nas granjas de todo o país. 

As galinhas poedeiras merecem toda a nossa atenção e respeito. Afinal, são elas que nos presenteiam com a proteína indispensável nas nossas mesas não só para a receita de fios de ovos, mas o ano todo. É inadmissível que estes animais continuem sendo criados em gaiolas, sem espaço para se movimentar, nem interagir com outros da mesma espécie.

Cage-free: opte por ovos certificados 

A boa notícia é que existem granjas de aves de postura com o selo Certified Humane, assegurando aos consumidores que os ovos foram produzidos sob critérios rígidos de bem-estar animal. Atualmente, 33 empresas na América Latina fazem parte da nossa lista de operações certificadas para a criação de galinhas poedeiras no sistema cage free. Isso comprova que é possível produzir ovos em escala comercial a partir de boas práticas de bem-estar animal – fica o recado para você, produtor, que ainda insiste em investir no modo de criação tradicional e ultrapassado, com o uso de gaiolas. 

Já você, consumidor, tem na mão o poder de escolher entre utilizar ovos produzidos com bem-estar animal ou optar pela proteína proveniente de galinhas poedeiras engaioladas na sua receita de fios de ovos para o Natal. Fica a reflexão e o desejo de que cada vez mais pessoas confraternizem nas festas de fim de ano saboreando pratos cujos ingredientes tenham sido produzidos com respeito aos animais. Faça parte desta mudança e confira aqui onde encontrar os produtos com o selo Certified Humane. 

A seguir, você confere a receita completa dos fios de ovos para o Natal. Boas Festas! 

Ingredientes

1 colher de sopa de margarina (cerca de 25g)

2 kg de açúcar

1 litro de água

500 gramas de gema (cerca de 30 unidades)

1 colher de sopa de essência de baunilha

Cravo-da-índia  a gosto

 

Modo de preparo

Em uma panela, misture o açúcar, a água e a essência de baunilha para fazer a calda. Adicione também os cravos-da-índia. Enquanto a calda apura, peneire as gemas. Neste momento a calda pode começar a cristalizar nas bordas da panela. Para evitar que isso aconteça, passe um pincel com água fria onde os cristais começarem a se formar.

Quando a calda atingir o ponto de pérola ou fio médio, abaixe o fogo e acrescente a margarina. A calda vai começar a espumar. Com a calda espumando, é hora de adicionar a gema, passando-a pelo funil para fios de ovos e fazendo movimentos circulares com o utensílio.

Com uma escumadeira, retire os fios de ovos da calda e mergulhe-os rapidamente para uma tigela de água fria. Em seguida, coloque-os para escorrer em uma tela de arame, peneira ou no escorredor de macarrão.

Fonte da receita: Gazeta do Povo

Faça seu comentário