A demanda de produção de ovos das chamadas “galinhas felizes” disparou no último ano – esse aumento repentino da procura por ovos cage-free, em que os animais vivem longe de gaiolas, vem aumentando a discussão em torno do seu bem-estar para a criação cada vez maior de galinhas felizes. Para ilustrar o assunto, o diretor da Certified Humane para a América Latina, Luiz Mazzon, falou sobre a importância da certificação como uma garantia para o consumidor sobre a procedência dos produtos.

A indústria de galinhas livres está em ascensão. São US$ 600 milhões movimentados por ano no Chile. Para saber mais sobre este mercado, acesse a matéria completa.

Galinhas felizes

Faça seu comentário