A maioria das pessoas entende o quanto é condenável maltratar os animais. Porém, ao falar no aspecto financeiro, há questionamentos sobre a rentabilidade quando o assunto é abandonar os métodos convencionais de produção. Por isso, preparamos um conteúdo explicativo para você saber quanto custa a certificação de bem-estar animal e quanto tempo pode levar este processo na sua granja ou fazenda.  

Proporcionar qualidade de vida com conforto e oferecer a possibilidade de o animal expressar seus comportamentos naturais durante a vida é viável. Assim como também é possível manter a sustentabilidade do negócio. A Certified Humane é bastante transparente sobre quanto custa a certificação de bem-estar animal. 

Todas as tarifas para obter a certificação podem ser encontradas no nosso site, mas para facilitar este processo, trazemos um passo a passo para que você possa adaptar a sua criação. 

Lembre-se que para solicitar a certificação você deve primeiro adotar todas as exigências previstas nos referenciais de bem-estar animal da HFAC. Já se você faz parte de uma indústria processadora de alimentos, é necessário que sua empresa tenha fornecedores da matéria-prima animal certificados com o selo Certified Humane. 

 

Saiba como funciona o cálculo das tarifas

Na maioria dos casos o valor da certificação vai depender de dois fatores: quanto tempo levará a sua inspeção e quais são os volumes de produção da granja ou fazenda. Para a indústria, apenas o tempo de inspeção é considerado. Acompanhe abaixo e veja quanto custa a certificação de bem-estar animal:

  • A certificação é realizada em ciclos de 12 meses. A cada ano haverá custos associados à análise documental e à inspeção local, assim como à logística do inspetor;
  • Serão duas as tarifas cobradas no momento da inspeção: a de solicitação e a tarifa de inspeção;
  • A tarifa de solicitação é fixa e está associada à revisão documental realizada sempre antes da inspeção;
  • Já a tarifa de inspeção será calculada com base no tempo necessário para a realização das atividades de inspeção; 
  • Com os formulários de solicitação preenchidos, nossa equipe estima o número de diárias de inspeção e multiplica pela respectiva tarifa – fazendas/granjas ou entreposto/unidade de processamento/abatedouro (1 dia = 8 horas de trabalho do inspetor);  
  • Após a conquista do selo, a Certified Humane passa a monitorar trimestralmente os volumes de produção para calcular a terceira tarifa cobrada, a de certificação. Esta é calculada por volume de produção, com diferentes critérios dependendo da espécie. Indústrias processadoras de alimentos não pagam esta tarifa, apenas fazendas ou granjas.
  • O valor base para o cálculo da tarifa de certificação depende da espécie a ser certificada. Por exemplo, para a certificação de galinhas poedeiras existe um valor por caixa de 360 ovos produzida. Para a certificação de bovinos leiteiros existe um valor cobrado para cada 1000 litros de leite produzidos, e para a certificação de frangos de corte o valor é definido pelo número de frangos abatidos.
  • Neste documento você tem acesso aos valores atualizados das diferentes tarifas. Note que na maioria dos casos as tarifas de certificação unitárias diminuem a medida que os volumes de produção anuais aumentam.

 

Importante: as tarifas de solicitação e de inspeção são cobradas no momento da inspeção anual, já a tarifa de certificação é calculada com base em volumes reais, portanto é cobrada sempre depois de ocorrida a produção. suínos livres em granja com bem-estar animal

O cliente decide se prefere pagar esta tarifa uma vez por trimestre, por semestre ou por ano, sempre com base nos volumes reais reportados. Lembrando que para certificar indústrias de alimentos que adquirem ingredientes certificados de outros produtores ou empresas, não há a cobrança de tarifas de certificação, apenas de solicitação e inspeção.

Se você quiser receber uma estimativa de custos para certificar o seu projeto, entre em contato o descrevendo (número de animais, tipo de instalações, localização).

 

Além de quanto custa a certificação, veja quanto tempo demora

A partir do momento que sua produção estiver sendo realizada conforme os referenciais de bem-estar animal do programa Certified Humane, você pode solicitar os formulários para dar início ao processo.

O tempo do processo dependerá mais do solicitante do que da própria certificadora, pois há toda uma documentação a ser preenchida antes da inspeção para detalhar a operação a ser certificada. 

Além disso, o solicitante ainda precisará implementar as ações corretivas necessárias para sanar as não conformidades identificadas na inspeção. Somente no final do processo é emitido o Certificado de Conformidade, válido por 12 meses.

Levando esses itens em consideração, estimamos uma média de um a três meses para que todo o processo ocorra, incluindo:

  • Avaliação documental prévia à inspeção;
  • Planejamento da inspeção; 
  • Realização da auditoria;
  • Preparação do relatório de inspeção;
  • Definição e organização das ações corretivas e/ou dos planos de ação para resolver as NCs; 
  • Análise das evidências de resolução apresentadas;
  • Emissão do certificado de conformidade.

Para as fazendas, granjas ou empresas já certificadas, iniciamos o processo de renovação três meses antes de completados 12 meses da última inspeção. Assim temos tempo para realizar todas as atividades de renovação e emitir o novo certificado assim que vencer o certificado anterior. 

Ficou com dúvidas? Acesse a seção perguntas frequentes no nosso site. 

Faça seu comentário