O bem-estar animal chegou na Costa Rica. A Innovo, localizada em Alajuela, é a primeira empresa da América Central a conquistar a certificação de bem-estar animal Certified Humane nas modalidades de fabricação de produtos e criação de galinhas poedeiras livres de gaiolas.

O negócio, que tem foco na produção de ovos líquidos pasteurizados, é resultado da fusão da Avícola Las Palmas e Granja Piedras Negras – a Innovo surgiu em função do interesse das duas fazendas de aves de postura de oferecer um destino inovador ao excedente de ovos. A Innovo é a pioneira na produção da proteína líquida na Costa Rica. 

Ovo processado com bem-estar animal

A empresa processa cerca de 180 toneladas de ovos pasteurizados por mês. Apenas uma parte desta produção recebeu a certificação de bem-estar animal Certified Humane por enquanto, mas a Innovo tem o objetivo de seguir com o processo de transformação na produção. “Estamos interessados em abrir este mercado, que ainda é recente na nossa região. Nos identificamos com o selo pois é uma forma de cumprirmos o nosso compromisso não só com o cliente, mas com o meio ambiente também”, comenta o diretor da empresa, Ricardo Sojas Soto. 

A Innovo faz parte das indústrias que utilizam matéria-prima de origem animal e que, por esta razão, podem obter a certificação de bem-estar animal Certified Humane. Neste caso, o Instituto assegura que a empresa utilize apenas ovos de produtores que também seguem à risca as exigências de manejo humanizado com bem-estar animal. Hoje, a Innovo produz quatro tipos de produtos, que são vendidos à multinacional de bens de consumo Unilever: ovo inteiro, ovo inteiro com sal, claras de ovos e gemas sozinhas. 

Sobre a Certified Humane 

O Instituto Certified Humane Brasil representa a Humane Farm Animal Care (HFAC), a principal organização internacional sem fins lucrativos de certificação voltada para a melhoria da vida das criações animais na produção de alimentos, do nascimento até o abate. A certificação de bem-estar animal Certified Humane é a garantia para o consumidor de que o alimento é proveniente de granjas ou fazendas que praticam o manejo humanizado. A ONG é líder na emissão de certificados para galinhas poedeiras criadas no sistema cage free na América Latina. 

Faça seu comentário