Processo de Certificação

Etapa 1 – Preparação:

Leia os referenciais de bem-estar animal do HFAC para se familiarizar com as exigências que você deverá cumprir. Em caso de dúvidas sobre o conteúdo dos referenciais, não hesite em entrar em contato com a nossa equipe.

Etapa 2 – Solicitação:

Você está solicitando a certificação como um operador individual, uma operação de produção conjunta (PPO), uma operação de fabricação de produtos (PMO), um grupo de negociação de bovinos de corte (BMG), um grupo de produtores, ou uma combinação deles? O Manual de Diretrizes HFAC descreve os diferentes tipos de operação e irá ajudá-lo a determinar em qual categoria você se encaixa.

Após revisar o Manual de Diretrizes, complete os formulários de solicitação para sua operação. Todas as solicitações devem ser acompanhadas por uma Solicitação Universal para o abatedouro ou unidade de processamento de ovos e laticínios.

Entre em contato com a HFAC por email em info@certifiedhumanebrasil.org para pedir os formulários de solicitação aplicáveis ao seu projeto. Assim que recebermos sua solicitação, revisamos as informações para garantir que a operação está de acordo com o programa. Caso haja necessidade de esclarecer alguma informação entramos em contato por email ou telefone. Se esta primeira análise documental indicar que o manejo dos animais aparentemente é feito conforme as exigências do programa, enviamos um orçamento para o processo de certificação que, se aprovado, será seguido de uma visita de inspeção até sua fazendo ou granja, unidade de processamento e/ou abatedouro.

Etapa 3 – Inspeção:

fluxograma processo de certificação de bem-estar animalO inspetor se desloca até a fazenda, granja ou unidade de processamento/abate para validar as informações presentes nos formulários de solicitação e para verificar in loco todos os pontos dos respectivos referenciais e informar ao solicitante sobre suas conclusões durante a reunião de encerramento. O inspetor então submete o seu relatório para o escritório do HFAC, que analisa todas as informações sobre o projeto e emite a sua decisão.”

Etapa 4 – Decisão:

O solicitante deverá atender todos as exigências dos referenciais da HFAC antes de ser certificado. A aprovação da utilização do logotipo Certified Humane® nas embalagens dos produtos também é parte desse processo, bem como a assinatura de um Acordo de Licença de Marca de Certificação. Caso seja concedida a certificação, você irá receber um certificado com validade de um ano. Somente a partir deste momento você poderá comercializar produtos com o selo de certificação e fazer menções à certificação de bem-estar animal nos diversos meios de comunicação ao consumidor. Cada ano deverá ser realizada uma renovação de sua solicitação e será feita uma nova inspeção. Adicionalmente, todos os produtores do programa estão sujeitos a inspeções surpresa. Para uma descrição completa e um fluxograma da certificação inicial e do processo de renovação veja o Manual de Diretrizes.

Tarifas

São três as tarifas consideradas durante o processo de certificação:

  • Tarifa de Solicitação: Custo simbólico para a revisão dos formulários de solicitação;
  • Tarifa de Inspeção: Proporcional ao número de dias necessário para a realização das inspeções exigidas para cada tipo de operação;
  • Tarifa de Certificação: Devidas somente após a emissão de um Certificado de Conformidade. Proporcional ao volume de vendas de produtos certificados.

Além destas tarifas, os gastos logísticos dos inspetores (transporte, acomodação e alimentação) durante as inspeções são de responsabilidade dos clientes.

 


ebook como obter o selo de bem-estar animal e impulsionar o seu negócio
ebook O bem-estar animal compensa
ebook Certificação de Bem-estar animal: Mitos e fatos