A especialista em bem-estar animal, Temple Grandin, estará no país até o dia 19 de julho. Conhecida mundialmente por revolucionar as práticas de tratamento dos animais, ela confirmou presença no workshop “Temple Grandin de Bem-Estar Animal”, que será nos dias 18 e 19, no Teatro Gamaro, em São Paulo.

A pesquisadora vem para o Brasil a convite da JBS, da Boheringer Ingelheim e da Tortuga. O evento tem a parceria do Grupo de Estudos e Pesquisas em Etologia (ETCO).

A história de Temple

Temple Grandin, que é membro do Comitê Científico da Certified Humane, elencou seis pontos essenciais para o controle do bem-estar dos animais em granjas e fazendas durante outra vinda ao Brasil, em julho do ano passado. A maior referência em bem-estar animal mundial é autista, o que não limita em nada a sua inteligência. Bem pelo contrário – ela percebe detalhes que passam em branco pela maioria das pessoas, entendendo de forma única e exemplar o comportamento dos animais.

Ainda jovem, Temple Grandin foi levada pela mãe para a fazenda, com a ideia de integrá-la à natureza e aos animais. Foi Temple Grandin discursando.neste período que ela começou a observar como os criadores lidavam com os bovinos, desde o nascimento até o abate. Com facilidade em áreas como aritmética e geometria, voltou para a cidade para cursar engenharia. Porém, um professor, ao perceber o seu potencial, incentiva-a a ir para a agropecuária.

Temple Grandin enfrentou muito preconceito – inteligente e determinada, passou-se por um homem para adentrar um frigorífico e evoluir seus estudos na área agropecuária. Foi então que ela desenvolveu um projeto voltado para o manejo dos bois até o momento do abate. A partir daí, não parou mais.

Bem-estar animal é motivado pelos consumidores

Em entrevista ao nosso blog, Temple Grandin afirmou que o bem-estar dos animais está sendo impulsionado pela mudança de perfil dos consumidores, que estão exigindo cada vez mais que as marcas voltadas à produção de alimentos de origem animal proporcionem uma vida digna a eles.

Para ela, o trabalho de certificação e supervisão e auditorias, como o que é feito pela Certified Humane, é a forma de evitar, de fato, o sofrimento dos animais. E para conquistar o selo, é dever dos produtores se adequarem às exigências que garantem uma boa vida aos animais. Temple Grandin, que é referência quando o assunto é bem-estar animal, compartilha o seu conhecimento em seminários, palestras e workshops em todo o mundo. Mais do que uma pesquisadora, deve ser uma inspiração para todos.

Faça seu comentário